Seção principal

Ajuda se o médico empurrar para fora?

Ajuda se o médico empurrar para fora?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

13 de agosto de 2012 às 17 horas Nosso garotinho, nosso segundo filho, chegou em nossa casa aos 25 minutos, em saúde, saúde, com uma fratura e um parto. Não foi assim que eu fiz.


Um pouco inesperadamente, o médico chefe anunciou que você teria o bebê hoje. Eu estava no CTG pela manhã e decidi iniciá-lo após o exame porque já estava na semana 40, meu estômago era irlandês, pensávamos que o bebê era grande e tinha dois dias mйhszбjam. Fui para casa e verifiquei a bagagem, meu bebê foi apanhado à meia-noite e o médico chefe esmagou a caixa. . O limite é os taxistas chegaram e eu fiquei bem empolgado, mas não demorou muito para o "doloroso" vajъdбsporque eu tenho anestesia peridural por três anos. O médico e a enfermeira disseram que ela teria o bebê até então. Eu estava começando a me preocupar com como eu sentiria o problema agora, mas minha enfermeira me garantiu que eu sentiria quando precisasse empurrar, mas não sentiria dor.

Ajuda se o médico empurrar para fora?

Naquela época, eu pensei que seria o tipo de "nascimento sorridente" que eu tinha lido e ouvido até agora, mas as coisas não deram certo porque a cabeça de Meath não entrou no canal de parto tão rapidamente que entrou no pronto-socorro. Naquela época, as dores de cabeça de dois minutos voltaram e havia um grande contraste entre nada e as dores de cabeça que logo seriam fortes, mas a EDA era razoavelmente forte e tinha bastante descanso.
Se bem me lembro, para a sexta imprensa Matthew expõe. Foi um pouco difícil para mim olhar e empurrar, porque o médico chefe pulou na minha cama e pressionou minha barriga, o que certamente era uma grande ajuda na época, mas eu sentia vontade de empurrar o úbere para fora de mim.
Uma vez eu gritei: "Foda-se!"
É claro que eles sabiam que eu não estava me afogando, mas estava prestando mais atenção nisso do que em fazer meu trabalho, o tipo certo de impressão. Mas não importa, porque foi uma enorme felicidade quando Matt saiu e ouviu o pequeno estrondo. Eu peguei no meu peito pela manhã e lá estava relaxado. No momento em que seu pequeno corpo quente e delicado estava tocando meu corpo, o vazio em minha memória, bem como a maneira como eu disse a meu irmão para tirar algumas fotos, olhei para o lado e pude ver que ele não podia fotografar.
Com 4100 gramas e 56 centímetros, o bebê foi uma grande surpresa para a família e a maternidade médica (considerando meu tamanho, eu me tornei um bebê grande). Era verdade que ele tinha uma cabeça grande e minhas cavernas estavam quebradas, elas tinham um corte de barreira, eu tinha muitos pontos internos, mas eu era muito tímido que ele pudesse sair naturalmente. Começamos a amamentar no meu quarto de bebê, ela era muito fofa, embora estivesse um pouco cansada e fraca.
Eles levaram Matt para fora do quarto porque o bebê não podia ter ninguém dentro do Margaret's Hospital na primeira noite. O quarto individual pago era gratuito, então nós o enchemos, e eu consegui dormir, embora o bebê realmente sentisse minha falta, e eu lutei para fazer xixi na noite porque ela não queria começar (eles foram cateterizados para a EDA). Pude ir ao bebê às seis horas da manhã seguinte e corri para ver vamos chupar um pouco, porque às 7 horas da manhã deve ser entregue todos os dias para uma visita ao bebê, duas horas e meia, três onças. E às 7 da noite você precisa tomar um banho, o que geralmente leva uma hora. Eu acho que um consultor de amamentação chegaria ao departamento.
Treasure Bogi
  • Quando você está sem ajuda
  • "Eu pensei que uma mulher pudesse dar à luz"
  • Desligue o rádio? Meu filho nasceu!
  • Ele estava defendendo seu diploma durante a imprensa